CidTiradentes.com - 29_06_2017-nao-vai-ter-greve

Não vai ter greve

Durante assembleia no início da noite desta quinta-feira (29) os metroviários decidiram que não vão aderir à greve convocada pelas centrais sindicais em todo o país.

Artigo visto por 1505 pessoas.

Não vai ter greve

Com a decisão os trens vão circular normalmente nesta sexta-feira (30).

A CPTM e os ônibus da SPTrans vão circular normalmente, os sindicatos destas categorias também optaram por não aderir ao movimento marcado para amanhã.

Quais categorias devem parar

Centrais sindicais convocam uma greve geral de trabalhadores para esta sexta-feira (30/6) em um protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência que tramitam no Congresso.

São Paulo

Os bancários vão parar suas atividades nesta sexta-feira. Na capital paulista, a partir das 16h, está prevista uma manifestação com início no vão livre do Masp, na Avenida Paulista.

Rio de janeiro

Metroviários votarão em assembleia na noite desta quinta-feira, 29, se participam ou não da paralisação do dia 30. Bancários, professores, profissionais da saúde e servidores municipais e estaduais vão aderir ao movimento e há ato previsto para acontecer a partir das 17h, na Candelária, no Centro.

Minas Gerais

O jornal Estado de Minas informou que setores de saúde, educação e o Metrô vão parar nesta sexta-feira, 30. No setor público de saúde, a escala será reduzida.

Bahia

Segundo o Correio da Bahia, os ônibus não serão afetados pela paralisação. Já os bancários, servidores de saúde e professores vão aderir ao movimento. Nos hospitais, os serviços ambulatoriais estarão suspensos e só serviços emergenciais serão mantidos.

Ceará

De acordo com o jornal O Povo, em Fortaleza, diversas categorias vão aderir à paralisação do dia 30. As manifestações na capital cearense se concentrarão na Praça Clóvis Beviláqua, no Centro.

Distrito Federal

No Distrito Federal, metroviários, professores e funcionários de órgão de saúde vão parar nesta sexta-feira. O Sindicato dos Bancários de Brasília vai parar, além do Sindicato dos Professores do DF (Sinpro-DF) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee).

Por meio de sua assessoria de comunicação, o governo do Distrito Federal informou que vai cortar o ponto dos servidores que participarem de greves e paralisações. A Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social (SSP-DF) confirmou que um “o esquema de segurança ainda está sendo produzido” para lidar com as manifestações na capital federal.

Categorias nacionais

Os petroleiros também vão aderir à greve geral e cruzam os braços a partir da sexta-feira. Segundo comunicado da FUP (Federação Única dos Petroleiros), “nas refinarias a greve será por tempo indeterminado, com avaliações diárias, conforme definiu o Conselho Deliberativo da FUP em reunião na quinta-feira, 22. A greve em defesa da vida foi amplamente aprovada pelos trabalhadores do refino em assembleias realizadas nas últimas semanas. O movimento terá início à 0h do dia 30, quando toda a categoria petroleira estará mobilizada na greve geral contra o desmonte dos direitos trabalhistas”.

Via : lesteonline.com




Notícias

Vagas de Emprego

Cultura



Emblues Beer Band traz o melhor do Blues e Folk ao CFCCT

Embeer Blues Band

LOCAL: Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes

Avenida Inácio Monteiro, 6900. Barro Branco/ Vila Yolanda – Teatro (3° piso)
QUANDO: Dia 18/06 (domingo), às 19h

CLASSIFICAÇÃO: Livre
ENTRADA FRANCA (GRATUITO)

Anuncie Aqui

Sua empresa aparecendo para milhares de pessoas!

Encontre no Facebook