CidTiradentes.com - 27_12_2017-atualmente-o-bilhete-unitario-custa-r-3-80-governo-e-prefeitura-ja-sinalizaram-que-havera-reajuste

Atualmente o bilhete unitário custa R$ 3,80. Governo e Prefeitura já sinalizaram que haverá reajuste.

A expectativa é que o paulistano pague um novo valor a partir da primeira segunda feira útil de 2018, dia 8 de janeiro

O novo valor da passagem de ônibus, metrô ou CPTM pode ser conhecido nesta quinta-feira (28).

Artigo visto por 1649 pessoas.

Atualmente o bilhete unitário custa R$ 3,80. Governo e Prefeitura já sinalizaram que haverá reajuste.

Fotografia: Foto: Marcelo S. Camargo/Framephoto/Estadão Conteúdo

 Pelo menos essa é a intenção de algumas lideranças da Prefeitura de São Paulo e do Governo do Estado. Atualmente a passagem custa R$ 3,80.

Fontes ouvidas pela reportagem - que pediram para não ser identificadas - disseram que o grupo de estudo composto por representantes dos dois lados já fizeram algumas contas. Sabe-se, por exemplo, que um aumento de R$ 0,10 no valor da passagem, gerará um impacto de cerca de R$ 100 milhões na arrecadação.

A diferença entre o orçamento aprovado na Câmara de Vereadores e do subsídio gasto esse ano está na casa dos R$ 700 milhões de reais.

Na Câmara de Vereadores durante as discussões do próprio orçamento, um número que circulou nos bastidores entre os vereadores, foi de uma passagem a R$ 4,50. Mas esse valor - todas as fontes consultadas - fizeram questão de rechaçar.

Elas dizem que o valor ficará bem abaixo disso.

Os responsáveis técnicos apostam por exemplo que a concessão do bilhete único, dos terminais e a própria licitação dos ônibus possam provocar uma grande economia para a cidade. Por isso, eles dizem que esse número de R$ 4,50 está muito acima do valor, que eles estão guardando sob segredo.

E todo esse segredo tem um único motivo: o novo valor só será divulgado, após o Governador Geraldo Alckmin, que aguarda ter o próprio orçamento aprovado na Assembléia Legislativa e o Prefeito João Dória (ambos do PSDB) que está viajando tiverem conhecimento e assinarem a medida.

A expectativa é que o paulistano pague um novo valor a partir da primeira segunda feira útil de 2018, dia 8 de janeiro.

Nesta terça-feira, o Secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, disse ao SPTV que o objetivo é fazer a recomposição do valor da tarifa. E listou todos os itens que estão pesando no cálculo do aumento.

“No caso dos trilhos, nós temos a energia elétrica, nós temos o reajuste do pessoal, é um setor que tem muita gente, no caso Metrô e CPTM são mais de 18 mil empregados e no caso dos pneus, que nós temos uma parceria com a Prefeitura com o Bilhete Único, a questão de pessoal, de combustível e também de manutenção dos ônibus."

Via: g1.globo.com




Notícias

Vagas de Emprego



VAGAS PARA CABELEIREIRO- ZONA LESTE

5 vagas para cabeleireiro(a) na zona leste de São Paulo 

Anuncie Aqui

Sua empresa aparecendo para milhares de pessoas!

Cultura



Encontro de Cultura popular é destaque na programação do CFCCT

Baque CT Convida

LOCAL: Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes

Avenida Inácio Monteiro, 6900. Barro Branco/ Vila Yolanda
QUANDO: Dia 24/06 (sábado), às 10h

CLASSIFICAÇÃO: Livre
ENTRADA FRANCA (GRATUITO)

Anuncie Aqui

Sua empresa aparecendo para milhares de pessoas!

Encontre no Facebook