CidTiradentes.com - 19_08_2016-prefeitura-unifica-tarifas-de-taxi-em-sp-e-bandeira-2-se-torna-opcional

Prefeitura unifica tarifas de táxi em SP e bandeira 2 se torna opcional

A partir de 24 de agosto, não haverá diferença nas corridas comuns e de luxo.
Cobrança de 50% a mais em corridas para fora da capital deixa de ocorrer.

Artigo visto por 1312 pessoas.

Prefeitura unifica tarifas de táxi em SP e bandeira 2 se torna opcional

Fotografia: Táxi SP Uber JG Reprodução: TV Globo

A Prefeitura de São Paulo unificou as tarifas de todas as categorias de táxi que circulam atualmente na cidade. Além disso, a cobrança da bandeira dois deixou de ser obrigatória. As medidas passam a valer na quarta-feira que vem (24).

Seja qual for o táxi, a tarifa cobrada terá que ser a mesma. Até agora, o sistema de transporte de passageiros permitia preços diferenciados por categoria. Mais barato para o táxi comum e mais caro para os especiais e de luxo.
Pela portaria publicada nesta sexta-feira (19) no Diário Oficial, os táxis comum, comum-rádio, especial, preto e luxo passam a ter as seguintes tarifas:
- Bandeirada: R$ 4,50
- Quilometragem: R$ 2,75
- Hora parada: R$ 33,00
A redução mais significativa foi para a bandeirada do táxi luxo, que custava R$ 6,75 e caiu para R$ 4,50.
Outra mudança é na bandeira 2, que ocorre aos domingos, feriados e entre 20h e 6h dos dias úteis. A cobrança será opcional, com acréscimo de 30% na tarifa quilométrica.
Também a partir do dia 24 a tarifa intermunicipal deixa de ser cobrada. Essa tarifa aumentava as corridas em 50% quando a viagem era para outra cidade.
O objetivo é atrair mais passageiros para o serviço, já que os táxis vêm perdendo espaço para o transporte individual por aplicativos.
As categorias especiais foram criadas em uma época em que faltavam táxis na cidade, principalmente para fazer o trajeto do Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da capital, aos hotéis.
A Secretaria Municipal dos Transportes disse que atendeu a um pedido do pessoal que trabalha com táxi especial, luxo e de empresas de rádio táxi.
Para o Sindicato dos Taxistas Autônomos, porém, só reduzir as tarifas não melhora a situação da categoria. “Não vai resolver porque nosso caso é outro, são os carros particulares trabalhando em São Paulo. Motorista que não paga imposto, motorista que não é regulamentado. Se tirar, a praça está normal”, disse o presidente do sindicato, Natalício Bezerra.
O diretor do Departamento de Transportes Públicos (DTP) da capital disse que há espaço para todos que trabalham dentro da lei. “A intenção da Prefeitura é deixar o usuário com todas as condições claras, explícitas, para ele escolher qual o serviço que ele acha mais adequado para ele naquele momento”, disse o diretor do departamento, Roberto Breberode Sihler.




Notícias



Stephen Hawking, físico britânico, morre aos 76 anos

Além de ser um dos cientistas mais conhecidos no mundo, Hawking era exemplo de determinação por resistir por muitos anos à esclerose lateral amiotrófica.

Anuncie Aqui

Sua empresa aparecendo para milhares de pessoas!

Vagas de Emprego

Cultura



Encontro de Cultura popular é destaque na programação do CFCCT

Baque CT Convida

LOCAL: Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes

Avenida Inácio Monteiro, 6900. Barro Branco/ Vila Yolanda
QUANDO: Dia 24/06 (sábado), às 10h

CLASSIFICAÇÃO: Livre
ENTRADA FRANCA (GRATUITO)

Anuncie Aqui

Sua empresa aparecendo para milhares de pessoas!

Encontre no Facebook