CidTiradentes.com - 13_06_2016-as-aventuras-da-elite-nas-ruas-parte-ii-de-v

As aventuras da elite nas ruas parte II de V

Fulana bolso cheio de tal, socialite, estava indignada pelo absurdo desmedido de ter que economizar, cortar gastos e alterar o modo de vida dela e de sua família.

Artigo visto por 2213 pessoas.

As aventuras da elite nas ruas parte II de V

Os passeios exorbitantes ao Shopping Center, as viagens mirabolantes teriam que dar um tempo, não conseguiria levar seu netinho para a Disneylândia, pior que já havia comentado com a amiga Marchiori que iriam juntas à Europa comprar aquele casaquinho e trazer presentinho para toda família.
O Megaempresário Zóiudo investiu e investiu pesado, ambição nunca é pouca pra esse tipo de gente, o crescimento do Brasil em comparativo com os demais países da América Latina e até alguns países da Europa, fizeram altos dígitos borbulharem nas contas bancárias, todos felizes, investindo, tendo o retorno e investindo mais, investe ali, burla receita, acresce no paraíso fiscal, apoia a Dilma incondicionalmente, afinal até o MST está na bola de meia, talvez aguardando a remota possibilidade de uma reforma agrária.
Partindo da máxima de que nada é pra sempre, a bonanza acabou, mesmo assim o sonho desse homo-money, parafraseando Eduardo em seu livro, é o topo da pirâmide social, os que se encontram abaixo, que permaneçam, pois a briga é feia nos altos escalões do poder, quanto mais acumulam mais alto ficam, não existem escrúpulos, a única lei é a lei predatória do mais forte, trustes, cartéis, protecionismos ditam o ritmo em busca da manutenção do status quo, mas...em tempos de crise, acontece algo mágico, eles se encontram, marcam alguma reunião e pensam juntos em como retomar o controle da nação...
A revolta não é de fato referente a corrupção, e sim sobre a alteração do cardápio diário, sem vinagre balsâmico, nenhum grama da flor de sal defumada, acabou o axé de ir pra Las Vegas de jatinho particular apenas pra comer um lanchinho de carne de Kobe, ou dar uma escapadinha logo ali no Japão comer um bife Kuroge Wagyu, as marcas importadas dão lugar a algumas marcas mais populares, o exclusivismo desse tipo de gente, muitas vezes é reproduzido por vários reaças perdidos no meio da multidão, que comem arroz com feijão imaginando um fleur burguer5000, bebendo bonafont  pensando na sua garrafa de Chateau Petrus, na moral eis os verdadeiros gritos nas ruas:
- Queremos Passe Livre pra Disney! - Não Mexam no nosso Caviar!
- Nós lemos a Revista Veja - Somos Todos Moro!
- Globo, Direita Fusão Está Perfeita!
 
 
- Somos Brancos e Também Somos Discriminados!



Notícias

Vagas de Emprego

Cultura



Emblues Beer Band traz o melhor do Blues e Folk ao CFCCT

Embeer Blues Band

LOCAL: Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes

Avenida Inácio Monteiro, 6900. Barro Branco/ Vila Yolanda – Teatro (3° piso)
QUANDO: Dia 18/06 (domingo), às 19h

CLASSIFICAÇÃO: Livre
ENTRADA FRANCA (GRATUITO)

Anuncie Aqui

Sua empresa aparecendo para milhares de pessoas!

Encontre no Facebook