CidTiradentes.com - 12_06_2016--fluxo-o-lugar-onde-a-bala-come

"Fluxo": O lugar onde a "bala come"

   Uma freada brusca de um carro desconhecido...Na sequencia uma luminosidade junto com um sonoro "buumm" saindo do cano do revolver.Mais um jovem na vala...Isso não é uma dramaturgia! 

Artigo visto por 2596 pessoas.

Hoje estava ligado no SPTV a qual dizia os dados levantados sobre mortes ocorridos nos "pancadões" aqui na Zona Leste no ano passado. Segundo o SPTV, sobre os dados levantados por base de QUATRO MIL BOLETINS de mortes por violência na Capital de SP foram somatizados 897 assassinatos.Porém só na Zona Leste dentro de Bailes Funk foram registrados (pelos menos dados oficiais)  24 mortes.Não foi esclarecido o motivo dessas mortes ,mas quem é envolvido nesses tais de "fluxos"deveriam saber muito bem o que "pega"... Alguém morreriam assim de graça? Ou será um grupo de extermínio que se formou pra acabar com toda essa mazela? Vamos fazer as contas e os bairros onde ocorreram isso? 

  Segundo o SPTV e o G1, os crimes ocorreram em A.E Carvalho sendo dois mortos,União de Vila Nova foram cinco mortos,Lajeado foram três pra vala, Guaianazes mais dois... Pra completar a lista e com recorde vem Cidade Tiradentes com 12 mortos.TODAS ESSAS MORTES OCORRERAM NO MOMENTO ONDE ACONTECIAM ESSES "FLUXOS".Volto reafirmar que essas mortes relacionadas foram só na Zona leste e no ano passado (2015) 

   Faixa de idades de pessoas que perderam suas vidas está entre quatorze aos trinta e nove anos...Somente um rapaz de trinta e nove anos morreu com vinte e oito tiros. Só na Rua 15 que fica aqui em nosso bairro (Cidade Tiradentes) foram quatro assassinados por um suspeito que estava num carro...

   Não quero exaltar a parte ruim que tem em Cidade Tiradentes, pois existem uma boa parcela de pessoas que trabalham para o bem e muito para o beneficio daqui.Mas tenho que dizer sobre a realidade que infelizmente foge do controle das autoridades (como é de costume ser). Amigo não venham com papo que "funk" é cultura. Pois cultura colabora para uma história de um povo."Festas" que são dadas nas ruas sem a menor estrutura de segurança sem nenhum aparato de bombeiros e policias não podem ser considerados um evento público.Vandalismos na rua ,como garrafas quebradas no chão obstrução do seu direito de ir e vir e também a violência que está presente não devem continuar...Os pais temem pela vida de seus filhos.Quero deixar claro que a noticia em si tem base e dados.De resto é minha declaração pessoal! Não sou a favor do baile funk na rua! A sociedade passa por mudanças constantes de paradigmas ,mas chega ser indigesto ouvir que certo tipo de "música" é cultura...Já foi a época que se faziam músicas de verdade em seus diversos ritmos...

Fonte pesquisa: MORADORES DO BAIRRO,SPTV, E G1 NOTICIAS




Notícias

Vagas de Emprego



VAGAS PARA CABELEIREIRO- ZONA LESTE

5 vagas para cabeleireiro(a) na zona leste de São Paulo 

Anuncie Aqui

Sua empresa aparecendo para milhares de pessoas!

Cultura



Encontro de Cultura popular é destaque na programação do CFCCT

Baque CT Convida

LOCAL: Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes

Avenida Inácio Monteiro, 6900. Barro Branco/ Vila Yolanda
QUANDO: Dia 24/06 (sábado), às 10h

CLASSIFICAÇÃO: Livre
ENTRADA FRANCA (GRATUITO)

Anuncie Aqui

Sua empresa aparecendo para milhares de pessoas!

Encontre no Facebook