CidTiradentes.com - 02_09_2016-pm-usa-bombas-em-ato-contra-temer-em-sp

PM usa bombas em ato contra Temer em SP

Polícia e manifestantes discordaram sobre a rota do protesto

Artigo visto por 2181 pessoas.

PM usa bombas em ato contra Temer em SP

Um protesto realizado na noite desta quinta-feira contra o governo do presidente Michel Temer (PMDB) e o impeachment de Dilma Rousseff foi marcado novamente por confronto entre policiais militares e manifestantes, em São Paulo.

O ato teve início às 18h, no Vão Livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp). A manifestação deveria seguir na direção dos Jardins, no Centro da capital paulista, e ser encerrado no Largo da Batata, em Pinheiros, Zona Oeste da cidade, mas a Polícia Militar não permitiu a rota escolhida e informou que os manifestantes só teriam o direito de permanecer na Avenida Paulista.

Após isso, os manifestantes decidiram seguir até a Praça do Ciclista, onde, durante um jogral, foi definido o novo rumo da passeata: a sede do PMDB.

Depois da conversa foi decidido que a manifestação seguiria pela Rua da Consolação, onde o ato seguiu de forma pacífica até o Vale do Anhangabaú, quando se iniciou o confronto após manifestantes atearem fogo em uma caçamba. A PM, então, lançou bombas de gás lacrimogêneo, balas de borracha e bombas de efeito moral.

Depois da ação da polícia, os manifestantes se dispersaram e houve focos de confronto na Praça Roosevelt, na Avenida São Luís, no Vale do Anhangabaú - próximo ao Terminal Bandeira - e na Avenida Nove de Julho.

Parte dos manifestantes danificou estruturas como lixeiras e depredou comércios. Uma loja de motociclestas teve sua fachada de vidro destruída e veículos depredados.

Antes do confronto algumas pessoas já haviam pichado "Fora Temer" em muros de prédios por onde o ato passou.

Segundo o Grupo de Apoio ao Protesto Popular (Gapp), uma mulher asmática teve de ser atendida após passar mal em razão do gás lançado pela polícia na região da avenida Nove de Julho.

De acordo com a última contagem dos organizadores, 5 mil pessoas participavam da manifestação, entre elas alunos secundaristas e adeptos da tática black bloc. Segundo a organização, o ato é simultâneo e ocorre em outras cidades do país, como Santos (SP), Campinas (SP), Brasília, Porto Alegre, Juiz de Fora (MG), Viçosa (MG), Fortaleza, Londrina (PR) e Curitiba.

Via:noticias.band.uol.com.br




Notícias

Vagas de Emprego

Cultura



Emblues Beer Band traz o melhor do Blues e Folk ao CFCCT

Embeer Blues Band

LOCAL: Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes

Avenida Inácio Monteiro, 6900. Barro Branco/ Vila Yolanda – Teatro (3° piso)
QUANDO: Dia 18/06 (domingo), às 19h

CLASSIFICAÇÃO: Livre
ENTRADA FRANCA (GRATUITO)

Anuncie Aqui

Sua empresa aparecendo para milhares de pessoas!

Encontre no Facebook